Kingo Labs
Home » Ciência » Viajantes do tempo: eles realmente existem?

Viajantes do tempo: eles realmente existem?

As viagens no tempo ficaram famosas com o avanço do cinema, que produziu diversos filmes sobre o tema. Alguns cientistas afirmam que é impossível ir para o passado, porém, para o futuro seria possível. Diversas pessoas garantem que já passaram por isso, aqui você conhecerá os casos mais famosos e intrigantes já registrados.

O que são viajantes do tempo?

Até hoje nunca ficou provado que é possível viajar pelo tempo, mas tem quem garante que isso é verdade. Na internet é possível encontrar um vasto material sobre o assunto, com imagens e vídeos que tentam confirmar esse tipo de ação. Enfim, viajantes do tempo são pessoas que supostamente foram flagrados no passado ou então vieram do futuro e estão em nosso tempo atual.

Viajantes do tempo nos quadrinhos

Diversos heróis famosos possuem a habilidade de viajar pelo tempo, sempre cuidando para não estragar a linha temporal, já que uma mudança no passado poderá acarretar em alterações no presente. Entre eles estão o Gladiador Dourado, capaz de manipular o tempo, o Flash é outro que pode andar por diferentes épocas e faz isso utilizando sua velocidade, podemos destacar também Cable, que que tem habilidade psiônica de se locomover.

ETs são viajantes do tempo?

Você acredita em alienígenas? Uma corrente de pesquisadores sobre o assunto diz que na verdade eles não são extraterrestres, e sim humanos do futuro, que voltaram no tempo para estudar ou buscar para buscar componentes que estejam necessitando. Quase sempre esses seres são representados como criaturas humanoides, que possuem pernas, braços e cabeça, semelhante aos humanos.

Construções da antiguidade, como as Pirâmides do Egito ou as Linhas e Geoglifos de Nasca teriam sido feitas com o auxílio dos alienígenas. Muita gente acredita que como eles contribuíram há milhares de anos, continuam visitando a Terra, ajudando a humanidade a avançar. Há relatos inclusive que no Caso Roswell, análises teriam apontado que as criaturas destroçadas eram deste planeta.

O homem de Taured

Essa história é antiga, de 1954. Um homem desembarcou no Aeroporto de Tóquio (Japão), e quando foi entregar o seu passaporte uma surpresa: ele afirmava ser de Taured, um país localizado no continente europeu. Garantia ainda que já havia ido várias vezes para o Japão e o seu passaporte confirmava a história.

Passou por um interrogatório e depois lhe entregaram um mapa-múndi, assim confirmou que Taured ficava onde na verdade é Andorra. Durante a noite, foi colocado em uma sala trancada no aeroporto, no último andar, no outro dia de manhã, não estava mais lá. Anos mais tarde a história foi confirmada por documentos do Governo Japonês.

Um celular em 1938

Em 1938 uma jovem moça foi flagrada falando ao celular, na saída de uma fábrica em Massachusetts (Estados Unidos). Anos mais tarde ela foi identificada nas imagens por seu neto, sendo Gertrude Jones, com 17 anos na época. Segundo ele, não seria um celular, e sim um protótipo de telefone sem fio. De qualquer forma, estranho para este período.

Viajante assistindo luta de boxe

Outro caso bem famoso de viajante no tempo teria sido registrado em 1995. Mike Tyson lutava contra Peter McNeeley, enquanto isso, um cidadão filmava tudo com o seu smartphone, que viria ser inventado anos mais tarde. O vídeo original foi publicado no YouTube em 2015 e tem milhões de visualizações.

Segundo especialistas em tecnologia, não se trata de uma viagem no tempo. O homem flagrado pelas câmeras que transmitiam a luta ao vivo para o mundo inteiro na verdade estava com uma câmara fotográfica, sendo que o modelo mais provável é a Cassio QV-10 ou QV-100, lançadas justamente em 1995.

camera viajante do tempo

Viajante hipster

Você já deve ter visto essa foto. Ela foi tirada em 1941, durante a reabertura da Ponte South Forks, no Canadá. Nela aparece um homem com óculos chamativos, seria um viajante do tempo? Não. Este modelo de óculos era fabricado naquela época, além disso, o homem está usando um suéter de uma equipe de hockey. Outro fato que pode ser destacado é que ninguém da imagem está surpreso com as roupas do sujeito.

John Titor

Impossível falar de viajantes no tempo sem citar John Titor. Ele surgiu em 2000, ainda no começo da internet mundial, postando mensagens em fóruns onde afirmava ser de 2036. Explicou como funcionava a sua máquina do tempo, além de descrever eventos que viriam acontecer no planeta. John Titor desapareceu em 2001, e até o momento nenhum evento citado por ele aconteceu.

Viajante vindo de 2062

Um homem viajou de 2062 até 2010 e fez diversas revelações sobre o futuro. Falou sobre riscos de terremoto no Japão e até mesmo abriu um site para falar sobre essas informações. Ficou por aqui até o dia 30 de agosto de 2016, ao menos é o que diz a história. Concedeu diversas entrevistas antes de partir para o futuro, afirmando que o mundo utilizará muita energia solar e os carros serão voadores. A viagem teria sido feita com um carro, utilizando buracos de minhoca.

Viajante da Bolsa de Valores

Ficar rico investindo na Bolsa de Valores é o desejo de muita gente. Andrew Carlssin teria viajado no tempo, investido US$ 800 dólares em ações e duas semanas depois já estava com US$ 350 milhões. Ele teria vindo do ano 2256, até o começo do século XXI, sendo preso em 2003. Carlssin realizou 126 transações de alto risco, sendo que todas deram muito certo.

Projeto Montauk

Uma história de 1980 relata que existia um túnel na Base da Força Aérea Montauk, que possibilitava ir até 1943. A informação foi divulgada pela dupla Preston B. Nichols e Al Bielek. Supostamente, no local aconteciam contato com extraterrestres, testes com poderes paranormais e busca por dimensões paralelas. Até hoje nada foi comprovado.

Homem do ano 6491

Um homem afirma ter vindo do ano 6491 e estar preso no nosso tempo atual, já que sua máquina quebrou. Para comprovar a realidade de suas afirmações, ele passou por um teste e as respostas foram tidas como verdadeiras. Para isso, existem duas hipóteses, ele realmente é viajante do tempo ou então acredita piamente no que está falando, embora não seja verdade.