Kingo Labs
Recordes do tênis
Home » Esportes » Recordes do tênis

Recordes do tênis

Atualmente o suíço Roger Federer é o maior campeão de Grand Slans e dono de diversos outros recordes do tênis. Teve uma partida que precisou de mais de 11 horas para ter um vencedor confirmado. Qual era a idade do tenista mais velho a vencer um Grand Slam? Qual país tem mais títulos? Aqui falaremos sobre os mais diversos recordes da modalidade.

Recordes do tênis

Muitos podem achar que o tênis é uma modalidade chata, porque as partidas algumas vezes demoram horas para ser decididas, mas tem estatísticas que provam o contrário. A qualidade de atletas como Roger Federer, Rafael Nadal e Novak Djokovic competindo entre si já atrai o público. E eles são donos de diversos recordes históricos.

Jogo mais longo da história

A partida entre o francês Nicolas Mahut e o estadunidense John Isner, válida pela primeira rodada do Torneio de Wimbledon de 2010 é classificada como a mais longa da história do tênis mundial. Foram 11 horas e 5 minutos de disputa, com 980 pontos e 183 games. Terminou com vitória do norte-americano por 3 a 2.

Foi disputada entre os dias 22 de junho e 24 de julho, na Quadra 18, do All England Lawn Tennis and Croquet Club, em Londres. A partida foi considerada um dos dez momentos mais marcantes do esporte naquele ano, conforme Revista Time. Foi uma partida cercada de recordes, como de set mais longo da história, o 5º, que teve 8 horas e 11 minutos de duração.

Os recordes de Mahut x Isner

Os tenistas citados acima tiveram nove recordes no total em uma única partida. Foi o jogo com mais games da história, com 183. O maior número de aces, obtidos por Isner, com 113, enquanto Mahut fez 103 e ficou com o segundo lugar no ranking. O vencedor teve 92 games vencidos, outro recorde. Ainda foi o maior números de pontos conquistados, com Mahut marcando 502.

Cinco Roland Garros seguidos

O nosso Guga venceu três vezes o Roland Garros e o maior campeão do torneio é Rafael Nadal. O espanhol venceu 11 vezes a competição, considerando até 2018. Inicialmente foram quatro conquistas seguidas, de 2005 até 2008, e depois mais cinco de 2010 até 2014. Nadal foi ainda o jogador que mais vezes venceu o mesmo campeonato.

Todos os títulos na mesma temporada

O australiano Rodney George “Rod” Laver conseguiu por duas vezes vencer os quatro grandes torneios da temporada. A primeira vez foi em 1962 e repetiu a dose em 1969, quando os torneios já eram considerados Grand Slam na Era Open. Na época fechada, o norte-americano Don Bubge venceu os quatro torneios em 1938.

Novak Djokovic conseguiu vencer as quatro competições em sequência, mas não na mesma temporada, conquistando o feito entre 2015 e 2016, assim não é considerado para entrar na privilegiada lista. Roger Federer em três temporadas conseguiu três títulos, em 2004, 2006 e 2007, nas duas últimas impedido por Nadal em Roland Garros. Em 2009 deu o troco, vencendo o Australian Open e impedindo Nadal de conseguir o feito.

Países com mais títulos

Embora não viva um bom momento em relação aos Grand Slans, sem ter um campeão de simples desde Andy Roddick, na temporada 2003, os Estados Unidos seguem disparados como o país que mais conquistou títulos. Foram 146 conquistas, sendo 51 delas na Era Open. Em segundo lugar vem a Austrália, que teve 100 títulos, sendo 19 na Era Open. Nenhum australiano ganha desde 2002, quando Lleyton Hewitt venceu em Wimbledon.

Recordes de jogos

O canadense Daniel Nestor, especialista em jogos de duplas, foi campeão olímpico com o parceiro Sébastien Lareau em 2000. Ele é o jogador que mais vezes entrou em quadra por torneios da ATP, com 1523 partidas no currículo. Destas, conseguiu 1056 vitórias. Colocou no currículo oito títulos de Grand Slam, vencidos entre 2002 e 2012.

Nas partidas de simples, o recorde segue com o norte-americano Jimmy Connors, que teve 1531 jogos durante a carreira, vencendo 1256 deles. Roger Federer aparece na segunda colocação nos dois rankings e deverá se tornar o líder dentro de pouco tempo. Rafael Nadal é outro tenista em atividade que estáno top cinco e continua avançando.

O campeão mais novo de Grand Slam

O norte-americano Michael Chang foi o tenista mais jovem da história a ser campeão de um Grand Slam. Isso aconteceu em 1989, no Roland Garros, quando tinha 17 anos e 3 meses. Chang foi ainda três vezes vice-campeão de Slans. Na carreira venceu sete masters, sendo tricampeão do Indian Wells.

E o campeão mais velho

O australiano Ken Rosewall é o jogador mais velho a ter vencido um título de Grand Slam na Era Aberta. Ele foi campeão do Australian Open em 1972, quando tinha 37 anos e 62 dias. Se aposentou com oito títulos e oito vice-campeonatos na modalidade simples. Chama atenção que jamais foi número 1 do ranking mundial. Se Roger Federer conquistar mais algum Grand Slam, quebrará o recorde.

A maior campeã olímpica

A norte-americana Venus Williams é dona de cinco medalhas olímpicas, sendo quatro de ouro e uma de prata. Ela foi campeã de duplas junto com a irmã Serena Williams em 2012, 2008 e 2000. Venceu a categoria de simples em 2000 e em 2016 ficou com a medalha de prata nas duplas mistas, junto com o parceiro Rajeev Ram.

Mulheres com mais títulos

Entre as mulheres, Margaret Court, australiana, venceu 24 títulos de Grand Slam, sendo a maior vencedora de todos os tempos. Ela conseguiu estas conquistas entre 1960 e 1973. A norte-americana Serena Williams, já próxima da aposentadoria, luta para chegar a este recorde, sendo que atualmente ela tem 23 conquistas. A brasileira Maria Esther Bueno empata no ranking com Venus Williams, com sete títulos para cada.

Saques mais velozes

O jogador com o saque mais veloz da história é Samuel Groth, que em 2011, durante uma competição em Busan, na Coreia do Sul, conseguiu colocar 263 km/h na bolinha. Conforme o livro “The Book of Tennis Facts and Feats”, de Lance Tingay, e “Guinness World Records”, de Norris McWhirter, em 1931 Bill Tilden conseguiu a velocidade de 262,8 km/h.