Kingo Labs
Recordes da NBA
Home » Esportes » Recordes da NBA

Recordes da NBA

A NBA tem muitos recordes que parecem inquebráveis, como uma equipe vencer apenas sete partidas numa temporada, ou então perder somente nove vezes em 82 jogos. Já teve atleta batendo a marca centenária de pontos num único jogo e outro que foi 11 vezes campeão. Confira mais recordes a seguir.

Recordes da NBA

Os recordes foram feitos para serem quebrados, mas na NBA não é bem assim. Algumas marcas são tão grandes que parecem difíceis de superar. Mais prêmios de MVP, jogo com mais pontos, com menos pontos e outros fatos bárbaros você confere aqui.

Will Chamberlain na temporada 1961-62

O jogador Will Chamberlain teve uma temporada magnifica pelo antigo time Philadelphia Warriors, que depois mudou seu nome para Golden State Warriors. A média de pontos dificilmente vai ser batida, com incríveis 50.4 pontos. Na mesma temporada ele conseguiu marcar nada menos do que 100 pontos em uma única partida, em março de 1962 contra o New York Knicks.

Mais vitórias seguidas

Na temporada 1971-72 a NBA já contava com 82 jogos na temporada regular. O Los Angeles Lakers conseguiu engatar uma série de 33 vitórias consecutivas. Terminaram a primeira fase com 69 triunfos e 13 derrotas, um aproveitamento de 84%. Com tanta superioridade, ficava difícil apostar contra eles e não deu outra: terminaram com a taça.

Recorde de assistências na NBA

Ninguém distribuiu mais assistências em uma única partida da NBA do que o armador Scott Skiles, jogando pelo Orlando Magic no dia 30 de dezembro de 1990 num jogo contra o Denver Nuggets, quando conseguiu 30. O jogador atuou ainda por equipes como Indiana Pacers, Phoenix Suns e Milwaukee Bucks. Já aposentado, chegou a ser preso por utilizar cocaína.

Mira laser

O armador espanhol Jose Calderón, quando defendia o Toronto Raptors na temporada 2008-09 atingiu a marca de 98,1% nos arremessos de lances livres. Ele acertou 151 de 154 batidos. Calderón teve uma carreira vitoriosa com a seleção espanhola, conquistando duas pratas e um bronze em Olímpiadas.

O mais jovem MVP

Derrick Rose surgiu na NBA com alta expectativa. Aos 22 anos, em sua terceira temporada na liga, foi eleito o MVP da temporada regular. Foi o mais jovem a conseguir o feito. A média de pontos foi 25, com 4,1 rebotes por jogo e 7,7 assistências. Derrick Rose jogava pelo Chicago Bulls naquela época. Depois sua produção foi caindo e não atingiu mais os mesmos números.

MVP mais velho

Michael Jordan foi seis vezes campeão da NBA jogando pelo Chicago Bulls. Em quatro dessas temporadas foi eleito o MVP da temporada regular. Jordan venceu ainda em 1987-1988, quando os Bulls não ficaram com o título. Em 1997-98, uma década depois, foi eleito pela última vez o melhor jogador, quando já tinha 35 anos, o mais velho da história a conseguir a marca.

Mais vezes MVP

Na temporada regular, ninguém foi tantas vezes MVP quanto Kareem Abdul-Jabbar. Com seus 2,19 metros, foram 6 conquistas. A primeira delas veio em 1969 e a última em 1980. Foi eleito MVP por suas duas equipes, o Milwaukee Bucks e o Los Angeles Lakers. Com 5 conquistas parecem Bill Russell do Boston Celtics e Michael Jordan, pelo Chicago Bulls.

Detonou no terceiro período

A maior pontuação da história em um único período da NBA pertence a Klay Thompson. No começo da dinastia do Golden State Warriors, ele marcou nada menos do que 37 pontos no terceiro período em um jogo contra o Sacramento Kings, pela temporada 2014-15. Klay terminou a partida com 52 pontos e foi fundamental para que o time vencesse pela 18ª vez seguida em casa.

A melhor temporada regular

O Golden State Warriors era o atual campeão da NBA quando na temporada 2015-16 venceu nada menos do que 73 jogos entre os 82 disputados. A equipe ainda não contava com Kevin Durante naquela época e decidiu o título contra o Cleveland Cavaliers de LeBron James. Abriram 3 a 1 na série e acabaram derrotados por 4 a 3.

Melhores campanhas em casa

Dois times foram quase imbatíveis jogando em casa. O primeiro deles foi o Boston Celtics de 1985-86 e o segundo o San Antonio Spurs de 2015-16. Os dois venceram 40 vezes em seus domínios e perderam só uma pela temporada regular. Os Celtics venceram aquele campeonato enquanto os Spurs perderam nas semifinais da conferência.

Recorde de bolas de 3

Considerado um dos maiores arremessadores da linha dos 3 pontos, no dia 6 de novembro de 2016 Stephen Curry acertou 13 cestas contra o New Orleans Pelicans. Foi o recorde para uma única partida da NBA. Curry segue colocando números no seu currículo a cada partida e em breve poderá se tornar o maior entre todos da história nesse quesito.

Recorde de derrotas

O time que mais perdeu seguidamente pela NBA foi o Philadelphia 76ers, durante a temporada 2015-16, com 28 revezes consecutivos. Mesmo assim, não conseguiram quebrar o recorde de pior campanha de todos os tempos, que pertencente ao Charlotte Bobcats, atual Charlotte Hornets, que em 2011-12 tiveram 59 derrotas e sete vitórias.

Placares exagerados

O Detroit Pistons está envolvido em dois recordes que dificilmente serão batidos. No dia 22 de novembro de 1950, quando o time ainda se chamava Fort Wayne Pistons, perderam por 18 a 19 para o Minneapolis Lakers, foram 37 pontos e lugar como a menor pontuação de todos os tempos. Em 1983 os Pistons venceram o Denver Nuggets por 186 a 184, a maior pontuação da história.

O maior campeão

Ele venceu mais títulos do que quase todos os times da liga. Entre 1957 e 1969 Bill Russell foi campeão 11 vezes com o Boston Celtics. E era um jogador bem importante para a equipe, tanto que foi eleito o MVP da temporada regular por cinco vezes, em 1957-58, entre 1960-63 e 1964-65.

Recorde de pontos em playoffs

Michael Jordan marcou 63 pontos em um jogo no dia 20 de abril de 1986 contra o Boston Celtics. MJ acertou 22 bolas de 41 tentadas e mais 19 em 21 de lances livres. Não fez nenhuma bola de 3.