Kingo Labs
Projeção Astral
Home » Ciência » Projeção Astral: saiba mais sobre o fenômeno

Projeção Astral: saiba mais sobre o fenômeno

Projeção astral representa um conjunto de várias técnicas para possibilitar que o espirito consiga sair do corpo físico. É um conjunto de atividades citadas por diferentes sociedades ao longo da história. Os casos mais comuns são os de quase-morte, além dos sonhos de todas as noites. Quer saber mais? Veja abaixo.

O que é projeção astral?

A projeção astral também é conhecida como projeção da consciência, desdobramento, viagem astral ou experiência fora do corpo, é uma técnica milenar, de conhecimento dos antigos egípcios, estudada também por outras importantes sociedades ao longo da história, como hindus e chineses. Chico Xavier citou algumas vezes experiências do tipo.

Veja também – Psiconauta: saiba o que significa

Se trata de uma separação entre o corpo físico e o corpo astral, onde a consciência vai para a chamada dimensão espiritual ou energética, onde a pessoa consegue receber informações e aplicar tarefas diferentes. Para conseguir chegar a tal nível, é preciso passar por um treinamento para atingir a lucidez necessária.

Quem pode fazer projeções astrais?

Basicamente esse processo é inerente aos seres humanos, então qualquer pessoa poderá realizar a projeção astral, desde que tenha uma idade adequada. Basta ter a lucidez necessária, assim, mesmo pessoas idosas ou com problemas de locomoção conseguem realizar. A projeção astral não conta com nenhuma prova cientifica, sendo classificada como uma pseudociência. Mesmo assim, alguns pesquisadores se dedicam para provar a verdadeira importância destas técnicas.

É mais complicado para pessoas que acreditam em crenças ou filosofias ancoradas no sectarismo conveniente. O estudo da projeção astral necessita de dedicação assim como qualquer outro. É importante superar o que você conhece, já que esse praticamente é um novo mundo onde seus pensamentos religiosos podem ser descontinuados.

Relatos sobre projeção astral

Ao longo da história diversos livros sobre o assunto foram publicados, geralmente citando a técnica como projetor lúcido. Entre os principais casos estão o de Emanuel Swedenborg, de 1588, citando relatos de forma clara e objetiva, aquele mesmo nome citado tantas vezes pelo médium Chico Xavier ao longo de sua vida. Allan Kardec, outro famoso, conseguiu codificar o espiritismo e lançou a expressão bilocação da alma.

Para que serve a projeção astral?

Existem diversas atividades que podem ser melhoradas na vida física por meio da projeção astral. Com ela é possível curar o medo da morte, ampliar o seu conhecimento sobre o universo e criar a sua própria versão sobre o mundo. Assim como é possível visitar locais físicos apenas com a projeção astral, acessar dimensões espirituais elevadas e realizar diferentes tipos de assistências.

Existem muitas outras aplicações importantes para a vida humana terrestre, como liberar a consciência da prisão do corpo humano, eliminar bloqueios energéticos gerados pelo corpo físico e reorganizar a vida física. A pessoa consegue superar o medo de espíritos e de ir a lugares altos. É um novo mundo que se desenvolve para as pessoas que fazem projeções astral.

Lucidez na projeção astral

Existem três tipos de lucidez durante a prática da projeção astral. O primeiro deles é a projeção inconsciente, que seria como um sonâmbulo extrafísico, acredita-se que a maioria das pessoas de todo o mundo realizam esse tipo de projeção enquanto estão dormindo. Então o que chamamos de sonhos na verdade seriam algo muito maior do que apenas isso.

Tem ainda a projeção semiconsciente, que acontece com a ajuda de um intermediário, assim a pessoa ficaria sonhando acordada fora de seu corpo, é conhecido também como sonho lúcido. E por fim a projeção consciente, que acontece quando o espirito deixa o corpo físico e consegue manter a plena lucidez para saber o que está fazendo, é a mais difícil de todas e só pode ser atingida por meio de muito estudo, paciência e treinamento.

Tipos de projeção astral

Existem cinco tipos de projeções astrais. A primeira delas é a projeção em tempo real, que acontece quando o espirito está próximo do plano físico, por pouco fora de seu corpo, assim consegue identificar tudo o que acontece ao seu redor. Depois vem a projeção involuntária, que acontece quando as pessoas estão dormindo.

A experiência de quase-morte talvez seja a mais famosa delas. Acontece geralmente quando a pessoa está sofrendo com uma doença grave ou passa por um forte acidente. O coração e todos os órgãos vitais param de funcionar, mas o espírito não se desligaria do corpo e então o paciente ressuscita. Após voltarem a vida, aproximadamente 11% dos pacientes relatam detalhadamente experiências de quase-morte, conseguindo citar o que aconteceu na sala onde estavam durante o período que o corpo não respondia.

Com a projeção voluntária a pessoa é induzida por meio de técnicas especificas, como a meditação, a atingir um elevado nível, para superar o estado físico das coisas, existem correntes de yoga que defendem ser possível essa prática. E para fechar a projeção lúcida, o nível mais difícil de ser atingido, já que o espirito consegue sair do corpo com maior facilidade.

Como realizar a projeção astral?

A melhor forma de atingir esse nível é procurar ajuda com alguém que domina o assunto. Outras questões também são importantes, como fazer uma preparação espiritual, para que a mente e o coração estejam limpos. O ambiente para realizar esse ritual deverá ser calmo e escuro, onde você deve deitar e imaginar uma bola de energia transparente na sua cabeça, fazendo com que ela se desloque mentalmente até os pés e volte a cabeça, várias vezes.

A pessoa que deseja atingir esse nível deverá busca sentir essa energia passando pelo corpo físico, como se fosse uma corrente elétrica. Um dos sinais é a vibração automática do corpo. Depois é o momento de dormir, pensando que conseguirá a projeção consciente. Existem pessoas que conseguem realizar isso com mais facilidade do que outras.

Já deitado, deve pensar a respiração como se fosse uma fumaça branca, que vai subindo conforme a respiração. É fundamental manter a calma, já que se ficar assustado o corpo puxa o espirito de volta. A pessoa irá perceber que conseguiu atingir este nível assim que acordar e perceber que não está em seu corpo físico. Viajar pelo plano astral é bem mais leve.