Kingo Labs
Países mais ricos da Ásia
Home » Finanças e Dinheiro » Países mais ricos da Ásia

Países mais ricos da Ásia

A Ásia é o continente mais populoso do planeta, com praticamente metade da população mundial vivendo por lá. Nos últimos anos os países se desenvolveram bastante, baseado principalmente em políticas sólidas e passaram a ocupar lugar de destaque na economia mundial.

Quer saber quais são os países mais ricos? Confira a seguir.

Países mais ricos da Ásia

A Ásia é um continente gigantesco, com países enormes em relação ao território e a população. Com tanta gente para trabalhar, fica mais fácil crescer e é assim que eles têm ganhado cada vez mais espaço. Os países asiáticos são os que mais tem crescido em relação ao PIB nos últimos anos.

9º – Tailândia

O nosso ranking começa com a Tailândia, que teve forte crescimento entre 1999 e 2005. Atualmente é um dos maiores exportadores mundiais de arroz, açúcar e tapioca. A agricultura mostra sua força na economia, assim como o turismo. O PIB é de US$ 455,2 bilhões e renda per capita de US$ 6,5 mil.

8º – Arábia Saudita

A economia da Arábia Saudita é baseada na extração do petróleo. É o segundo país com mais reservas de ouro negro descobertas até hoje. É o país que mais exporta petróleo em todo o mundo, o que é responsável por 40% do PIB. O Produto Interno Bruto é de US$ 683,8 bilhões, com renda per capita de US$ 20,7 mil, umas das mais elevadas.

7º – Turquia

Na 6ª posição aparece um país que fica dividido entre a Europa e a Ásia. A economia turca mistura indústrias e comércio moderno, junto com o setor agrícola tradicional. O setor privado tem crescido no país, enquanto o Estado controla a base da pirâmide. O PIB da Turquia é de US$ 851,1 bilhões, com renda per capita de US$ 10,5 mil.

6º – Indonésia

A Indonésia tem crescido nos últimos anos movida ao intenso consumo interno. Assim, atrai investidores locais e estrangeiros, que apostam neste mercado cada vez mais sólido. A Indonésia apresenta elevada exportação de petróleo, borracha e estanho. o PIB é de US$ 1 trilhão, com renda per capita de US$ 3,8 mil. A população é de 265 milhões de pessoas.

5º – Coreia do Sul

A Coreia do Sul ocupa uma pequena faixa de terra, sendo talvez este o principal problema para aumentar o PIB. Atualmente a economia do país é de US$ 1,531 trilhão, praticamente dobrando desde 2004, com população de 51,4 milhões de pessoas, a renda per capita fica em US$ 29,7 mil, umas das mais elevadas do mundo.

A Coreia do Sul é um dos tigres asiáticos, aqueles países com alto nível de desenvolvimento nos últimos anos. Os recursos minerais mais abundantes são ferro, carvão e tungstênio. O setor automobilismo é outro que tem crescido, com montadoras sul-coreanas ganhando espaço pelo mundo. O país é um dos maiores exportadores do mundo em relação a cimento e eletrodomésticos.

4º – Rússia

A Rússia é um país que fica na Europa e na Ásia, como não fazem parte da União Europeia, vai aparecer sim no nosso ranking. Aliás, são integrantes do Asia-Pacific Economic Cooperation (APEC), um bloco econômico criado para facilitar o livre comércio, possibilitando a cooperação de países asiáticos, americanos e da Oceania.

A Rússia tem 145 milhões de habitantes e Produto Interno Bruto de US$ 1,5 trilhão, apresentando grandes variações desde 2012, já a renda per capita é boa, com US$ 10,7 mil. A Rússia se destaca pela vasta quantidade de recursos naturais, como petróleo e gás natural. O crescimento é possibilitado por um sistema baseado na estabilidade política.

3º – Índia

A economia da Índia multiplicou 6 vezes nos últimos 20 anos. O país é um dos que mais cresce no mundo, com mais de 6% por ano. O PIB é de US$ 2,6 trilhões e se mantiver este ritmo irá assumir a segunda colocação dentro de alguns anos. A população do país é de 1,3 bilhão de pessoas, assim a renda per capita fica em apenas US$ 1,9 mil.

A maior parte do dinheiro vem de exportações de algodão, chá, juta, arroz, trigo, milho, tabaco e cana-de-açúcar. Lembra daquele papo que a vaca é sagrada por lá? Eles já têm o segundo maior rebanho de todo o mundo e não param de crescer. A Índia é um dos países membros do BRICS, junto com Brasil, Rússia, China e África do Sul.

2º – Japão

O Japão foi durante muitos anos a economia mais rica da Ásia e chegou até rivalizar com os Estados Unidos. Ainda assim, continuam aparecendo no pódio continental e mundial. A maioria parte da riqueza vem do enxofre, asfalto natural e calcário. A indústria japonesa é uma das mais tecnológicas do mundo, com destaque para os produtos eletrônicos.

A expectativa de vida é a mais elevada do mundo, com 83,98 anos de idade, a renda per capita é uma das mais elevadas de todo o planeta, com US$ 38,9 mil e o PIB do país é de US$ 4,8 trilhões, apresentando oscilação desde 1995, mas principalmente a partir de 2012. O Japão tem mais de 126 milhões de habitantes e controla a taxa de natalidade, devido a pequena faixa de terras.

1º – China

A China aparece em primeiro lugar no ranking de países mais ricos da Ásia. Além disso, é a segunda colocada se considerar todos do mundo, perdendo somente para os Estados Unidos. Nos últimos 25 anos, a China foi quem mais cresceu, vindo lá de trás e passando o Japão nos últimos anos. Enquanto o PIB cresce, chegando a US$ 10,8 trilhões, a renda sobe, batendo US$ 8,8 mil.

A China tem quase 1,4 bilhão e de pessoas e não para de aumentar, embora dentro de alguns anos deva perder a liderança para a Índia. O crescimento econômico foi possível devido a estabilidade política e as grandes reservas de moeda estrangeira. Mesmo assim, algumas regiões ainda sofrem, como no Sul e o no Oeste, onde a população é de baixa renda. A expectativa de vida ao nascer é de 76,7 anos.

Comente!