Kingo Labs
Muralha da china
Home » História » Muralha da china: história e curiosidades

Muralha da china: história e curiosidades

A Muralha da China é uma das construções mais fascinantes e demoradas do planeta. Foram 20 séculos até que ela pudesse ficar pronta, período em que o país passou por diversas dinastias. Ela foi construída com qual objetivo? Quantas pessoas morreram durante as construções? Dá para ver do espaço?

Confira essas e outras respostas a seguir.

Muralha da China

A Grande Muralha da China é uma fortificação construída ao longo de centenas de anos com base em diversos materiais. Acontece que ao longo dos anos diversas construções praticamente independentes estavam sendo feitas, assim o imperador Qin Shi Huang decidiu unificar todas e deixá-las mais fortes. A conclusão veio somente nos anos de 1.500.

Hoje em dia essa fortificação é considerada um Patrimônio Mundial da UNESCO, desde 1987. É considerada ainda uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno, de acordo com eleição informal realizada na década de 2000. Hoje a Muralha da China é um dos principais pontos turísticos do país, devido a sua fama internacional e grandiosidade que encanta os visitantes.

Qual a extensão da Muralha da China?

A Muralha da China tem nada menos do que 21.196 quilômetros de extensão, contando com cerca de 7 metros de altura na maioria das partes. A Grande Muralha começa em Jiayuguan, na província de Gansu, no lado oeste, indo até a foz do rio Yalyjiang, na província de Liaoning, no lado leste. Passa pelo Deserto de Gobi, atravessando mais quatro províncias e as regiões autônomas da Mongólia e Ningxia.

Para que servia a Muralha da China?

A Muralha da China foi erguida durante a época Imperial da História Chinesa. O principal objetivo que levou a esta construção foi militar, ou melhor, proteger o território contra a invasão de povos inimigos. Diferente do que muitos pensam, essa construção foi feita pensando no futuro, já que durante o governo de Qin o país não era ameaçado. Dessa forma, serviu como um mecanismo de segurança.

Outra questão indica que a Muralha pode ter servido como uma espécie de castigo para quem não cumpria as leis, então eram forçados a fazer este trabalho pesado. Serviu ainda para dar serviço aos soldados, que estavam sem trabalho após o fim da guerra dos estados, já que o território estava unificado. Quando Qin morreu, os trabalhos foram paralisados.

Quem mandou construir a Muralha da China?

A ideia de construir a Muralha da China partiu do imperador Qin Shi Huang Di, que foi rei chinês entre 247 a.C. e 221 a.C. e depois imperador até 210 a.C. Ele foi o Primeiro Imperador, unificando os sete reinos. Sua ideia era fortificar e estabilizar a política chinesa, passando a fazer enormes construções. Pesquisadores acreditam que somente com ele mais de 400 mil pessoas trabalharam na construção.

Quanto tempo levou para ser construída a Muralha da China?

A construção da Muralha da China demorou nada menos do que 1900 anos. Durante este período o objetivo deles era erguer muros em volta do território para proteger contra invasões dos povos do norte. A construção começou em 221 a.C., quando o imperador Qin Shihuangdi uniu sete reinos e formou um país, passando a unificar também a muralha. Os últimos trechos foram concluídos em 1568, levando 20 séculos para ficar pronta.

Quais materiais foram utilizados na construção da Muralha da China?

A Grande Muralha contou com diversos materiais distintos durante a sua construção. Entre eles os mais populares foram pedras, tijolo, terra compactada e madeira. Os materiais variavam conforme a região do país. Algumas das pedras utilizadas medem mais de dois metros de comprimento, pesando mais de uma tonelada.

Dá para ver a Muralha da China do espaço?

Não. Durante muito tempo existiu uma lenda dizendo que a Grande Muralha da China era a única construção feita pelo ser humano que poderia ser vista do espaço a olho nu. Essa informação é falsa e foi desmentida pelo astronauta Yang Liwei, que em 2004, após ter ficado em órbita, declarou que ela não poderia ser vista nas situação descrita.

Conforme a Agência Espacial Norte-Americana (Nasa), a construção na verdade foi confundida com o traçado de um rio entre montanhas daquela região do planeta. Por outro lado, a Academia de Ciências da China (ACC) garante que é possível ver seguindo algumas condições atmosféricas e desde que a pessoa conheça a área, o mesmo valeria para a Usina Hidrelétrica de Itaipu.

Onde começa e termina a Muralha da China?

Conhecida por “passagem de Jiayuguan”, essa região é tratada como o posto mais avançado da Muralha da China. Esse local não é um dos mais visitados, mas conta com um museu sobre a história da construção, sendo considerado o prédio mais antigo do país. Por lá é possível conhecer uma réplica da Muralha, mostrando com exatidão todos os pontos dessa obra gigantesca.

Quantas pessoas morreram na construção da Muralha da China?

A Grande Muralha foi chamada de “o maior cemitério do mundo”, devido as milhares de mortes que aconteceram durante a sua construção. Ao longo dos 20 séculos em que foi erguida, nada menos do que 1 milhões de pessoas morreram trabalhando, principalmente em decorrência do serviço pesado. É bom lembrar que a população chinesa hoje em dia conta com mais de 1,3 bilhão de pessoas.

Qual a extensão atual da Muralha da China?

Ao longo dos anos diversas partes da construção que tinha mais de 21 mil quilômetros foram perdidos. Hoje em dia existem pouco mais de 5 mil quilômetros. Isso se deve a erosão pelo tempo e a resistência do material utilizado, que não era o mesmo em todo o trajeto, assim em algumas partes pode ter sido mais resistente, a idade das construções também não é a mesma, colaborando para essa perda.

O que tem na Muralha da China?

Essa construção conta com rampas no lugar das escadas, para facilitar o deslocamento das tropas. Ao longo da fortificação existem algumas portas, fortes, alojamento para os soldados que faziam a segurança do local e estábulos para os animais, além de depósitos de suprimentos e armas. Todos os pisos eram pavimentados.