Kingo Labs
Michele Scarponi e a arara
Home » Aleatórios » Michele Scarponi e a arara: conheça a história

Michele Scarponi e a arara: conheça a história

Sabemos que o cachorro é um dos animais mais fieis aos donos, servindo de todas as formas e buscando garantir a segurança. Outros animais também procuram demonstrar a força de uma amizade verdadeira.

Esse foi o caso da arara Frankie, que treinava junto com o ciclista Michele Scarponi. Depois que ele foi atropelado, a ave retornou ao local, como se procurasse o parceiro.

Michele Scarponi e a arara

Michele Scarponi ganhou fama depois de vencer a Volta da Itália em 2011, se tornando um dos principais ciclista do país. Ele morreu em 2017, vítima de um atropelamento próximo da casa em que estava descansando. Sua companheira de treinos era uma arara, chamada de Frankie, que aparece em alguns vídeos ao lado do amigo.

Quem foi Michele Scarponi?

Michele Scarponi era italiano e nasceu em abril de 1979, morrendo três dias antes de completar 38 anos, em 2017. Era um ciclista profissional, campeão do Giro d’Italia de 2011, a Volta da Itália, sendo esta uma das principais competições do mundo nesta modalidade. Em 2010, 2012 e 2013 ficou na quarta posição na competição. Seus primeiros torneios foram disputados em 2012.

No dia 22 de abril de 2017, Michele Scarponi estava passeando na cidade italiana de Filottrano, quando foi atropelado por uma van, próximo de sua casa, a imprensa italiana relatou que o condutor do veículo não conseguiu avistar o atleta. Quatro dias antes o ciclista havia disputado o Tour dos Alpes e vencido a etapa.

A personalidade de Scarponi

O ciclista era famoso por seus vídeos e tuítes, destacando a arara sempre que podia. Tinha filhos gêmeos, com quem recém havia tirado fotos e postado nas redes sociais, pouco tempo antes de morrer. Ele seria o capitão da equipe Astana, na Volta da Itália daquele ano.

A arara

A morte de Michele Scarponi abalou o mundo do ciclismo, deixando muitos familiares, amigos e fãs tristes. Quem também sentiu a perda foi a arara Frankie, que muitas vezes saia junto com ele para passear, ficando nas costas do ciclista. Para o público leigo provavelmente o italiano será lembrado devido a presença de sua amiga ave.

Ela era livre

Na verdade, a arara Frankie, como era chamada pelo ciclista Michele Scarponi não era dele, apenas uma amiga. Na maioria das vezes ela voava livremente pela região de Filottrano, brincando com diversas pessoas que passavam pela região. Uma das pessoas preferidas de Frankie era o atleta, pousando no seu ombro constantemente.

Arara volta ao local do acidente

A arara Frankie foi flagrada várias vezes visitando o cruzamento onde o seu dono e amigo morreu. Talvez buscando reencontrar Michele Scarponi. Na internet viralizou uma imagem do animal em cima de uma placa indicando Arcobaleno Cafe, um estabelecimento na região de Filottrano, onde aconteceu o fatídico atropelamento.

No local foram deixadas diversas flores para homenagear o ciclista que partiu cedo demais. Seu companheiro Frankie aproveitou a placa e ficou empoleirado, da mesma forma que fazia nos ombros de Michele Scarponi. A história de amizade persistiu mesmo após a morte do ciclista, sendo destacado como um caso de fidelidade por parte dos animais.

Ajuda nos treinos

O inverno europeu é bem mais rigoroso do que no Brasil. A presença da arara Frankie por muitas vezes ajudou Michele Scarponi a aliviar o frio encontrado a cada manhã. Além disso, a presença dela nestes momentos era importante, servindo como uma válvula de escape em momentos de tensão.

Homenagem da TV portuguesa

A emissora de televisão de Portugal, RTP, realizou uma matéria, mostrando imagens de Michele Scarponi e sua arara Frankie. “Como é, Frankie?”, pergunta. “Onde é que estás?”, indaga. “Não estou te vendo”, disse. “Olá a todos. Hoje não voo. Vou às costas dele”, citou o ciclista, se referindo ao pássaro. “Diz olá Frankie”, continua.

Michele Scarponi pensou que Frankie havia ido embora, mas a ave estava ali ainda. “Grande Frankie! Aonde é que vamos esta manhã?”, questionou. E o vídeo segue. Depois, o atleta brinca com as bicadas que havia levado no capacete e para encerrar, uma frase que ficaria marcada: “Mas não estou sozinho, tchau Frankie”.

Giro d’Italia de 2011

A Volta da Itália de 2011 foi a 90ª edição da disputa, realizada entre os dias 7 de maio e 29 do mesmo mês. Começou em Venaria Reale, uma província da região de Turim, com chegada em Milão. A competição teve 3.469 quilômetros, passando ainda por trechos da Áustria. O ciclista belga Wouter Weylandt morreu depois de uma queda na descida de uma montanha, quando foi olha para trás e se desequilibrou.

No total disputaram 207 ciclistas, sendo que 159 deles concluíram a prova. A competição teve a participação de 18 equipes de diversos países, como Estados Unidos, Espanha, Rússia e Itália. Michele Scarponi não venceu nenhum das etapas, mas foi o campeão geral, completando em 84 horas, 11 minutos e 24 segundos, com 46 segundos de vantagem para o segundo colocado, o também italiano Vincenzo Nibali.

Comportamento das araras

As araras na maioria das vezes apresentam um comportamento dócil, sendo fácil a aproximação dos seres humanos, dessa forma acabam capturadas facilmente por caçadores. Normalmente as araras voam em bandos e se isolam no período reprodutivo. O que se sabe sobre Frankie é que ela era vista sozinha, pelo menos durante o dia, já que estes animais costumam se reunir a noite.

Qual era a espécie da arara Frankie?

De acordo com os tons de suas penas, a Frankie era da espécie arara-canindé, chamada ainda de arara-da-barriga-amarela ou arari. Chama atenção que este tipo de animal é encontrado em países da América, como Brasil e Paraguai, não na Europa. Podem medir até 90 centímetros de comprimento, com cores azuis, amarelo e verde, na parte da cabeça.

Hoje em dia a arara-canindé não sofre ameaça de extinção, mas o número de exemplares vem caindo a cada ano. Podem viver em habitats variados, como florestas tropicais e savanas secas. Provavelmente foram levadas para a Europa pelos colonizadores, que ficaram encantados com estes animais assim que conheceram o Novo Mundo.

Comente!