Kingo Labs
Home » Educação » Intercâmbio: 7 coisas que você precisa saber antes de decidir seu destino

Intercâmbio: 7 coisas que você precisa saber antes de decidir seu destino

Um programa de intercâmbio pode ser a experiência mais marcante da vida de uma pessoa durante muitos anos, mas decidir todos os fatores envolvidos não é uma tarefa fácil. A quantidade de coisas para serem resolvidas e executadas em um curto período de tempo pode assustar aqueles que contam com pouca assistência, mas não há motivos para desespero.

coisas-que-você-precisa-saber-sobre-intercâmbio

Confira sete coisas que você precisa fazer para evitar que seu intercâmbio gere surpresas ruins:

Escolha uma boa agência

As agências de intercâmbio não são todas iguais. Existem agências de todos os tipos, que prestam serviços muito variados: desde aquelas que apenas oferecem o pacote da viagem até aquelas que acompanham todo o processo do intercambista, desde a escolha do destino até o seu retorno.

Caso sua agência ofereça uma assistência completa, pesquise não apenas sobre sua reputação no Brasil, mas a qualidade do atendimento no local de destino, já que você provavelmente receberá a atenção da equipe de lá. Caso escolha agências formadas por estudantes e voluntários, procure por relatos recentes, já que este tipo de instituição costuma ter alta rotatividade e pode apresentar uma mudança muito grande na qualidade do serviço em intervalos de tempo muito curtos.

Pesquise sobre o tipo de visto

Dependendo da finalidade do seu intercâmbio (estudos, estudos+trabalho, vivência, etc), são necessários diferentes tipos de visto, e embora a maioria das agências dê atenção para este fato e guie você corretamente, informar-se paralelamente nunca é demais.

Pesquise sobre o destino

Pesquise informações importantes sobre o seu destino, como o tipo de culinária, as principais regras de convivência, o transporte público e os costumes locais para evitar surpresas desagradáveis.

É inevitável sentir um pouco de insegurança sobre um intercâmbio, mas não evite destinos que apresentem desafios que você ache que sejam grandes demais. Problemas com idioma e questões de adaptação são comuns, mas se você tem medos relacionados a questões como segurança e não está disposto(a) a lidar com isso, é melhor escolher um destino que seja mais confortável para seu perfil.

Planeje com antecedência

Planeje tudo com antecedência. Tudo. As malas, os documentos, onde você deixará as passagens e a carteira, para onde você irá assim que chegar, quem é seu contato, como avisará que chegou bem e todos os outros fatores necessários desde sua saída até seus primeiros dias no destino.

Este é o período mais crítico e cheio de escolhas para serem tomadas, e resolver tudo antes permite que você concentre-se apenas em executar as tarefas, não deixando nada para trás.

Não dependa dos prazos

Quando for montar seu planejamento, dê alguns dias de folga entre as atividades que não dependam exclusivamente de você. Não é uma boa ideia depender do recebimento do visto um dia antes de embarcar, por exemplo, uma vez que imprevistos podem acontecer. Evite dar chances à má sorte!

Defina seu orçamento

Um intercâmbio geralmente ocorre em um período de tempo mais longo, e o orçamento é uma questão complicada. É recomendável fazer uma boa pesquisa sobre a quantidade de dinheiro necessária para o período e, se possível, reservar um valor significativo extra em caso de imprevistos. Certifique-se também que você terá algum recurso para obter mais dinheiro caso dê algum problema em seu planejamento.

Saiba as regras do seu intercâmbio antes de assinar o contrato

Alguns destinos e modalidades de visto podem impor restrições para intercâmbios, e é importante que você saiba bem quais são as regras antes de fechar negócio com a agência que está lidando com a questão.

Se você quer um mês livre após o período do intercâmbio para viajar pelo país ou pela região onde ficou, por exemplo, garanta que seus documentos e que o programa do intercâmbio permitam que você faça isso para evitar frustrações desnecessárias.