Kingo Labs
geometria sagrada
Home » Ciência » Geometria Sagrada: conheça sua história

Geometria Sagrada: conheça sua história

Já imaginou se tudo o que conhecemos estivesse ligado de alguma forma? Sim, isso existe por meio da Geometria Sagrada. Esses estudos possuem milhares de anos de idade e serviram para identificar padrões semelhantes numa série de itens que podemos desfrutar no nosso dia a dia. Quer saber mais sobre a Geometria Sagrada? Confira a seguir.

O que é Geometria Sagrada?

A Geometria Sagrada tem o propósito de identificar completamente a unidade que permeia a vida inteira, para isso conta com uma série de estudos que busca as conjecturas ligando todos o microcosmo e o macrocosmo num mesmo propósito. Ela envolve padrões utilizados em diferente ambientes e áreas, como matemática, design e música.

A Geometria sagrada aplica técnicas conhecidas pela humanidade há milhares de anos, desenvolvida por meios e por gênios da história, como Leonardo da Vinci. Ela consiste em descrever a criação e os movimentos desenvolvidos pela consciência na realidade, seja para itens vivos ou não. Tudo poderia estar ligado ao cérebro humano.

De onde vem a Geometria Sagrada?

A Geometria Sagrada está associada ao fato de que existe um Deus controlando as questões geométricas. Suas técnicas podem ser verificadas em construções de antigas civilizações cristãs, hindus, gregas e egípcias, de milhares de anos. Desde essa época já sabiam da existência de ligação entre diferentes elementos encontrados por todo o universo.

O historiador Lúcio Méstrio Plutarco, que viveu entre 46 d.C. e 120 d.C. relacionou esse deus ao matemático e filósofo Platão. Outro gênio da história, o astrônomo Johannes Kepler defendeu crenças do tipo entre cientistas. Diversas culturas antigas acreditavam na existência desses padrões por todo o universo e aplicaram em construções, provando ser real.

Essa condição é mesmo sagrada?

É comum verificarmos que no passado, há alguns milhares de anos, todos os fenômenos que eles descobriam eram atribuídos aos deuses, e com essa repetição de fórmulas geométricas não foi diferente. Hoje em dia alguns até olham pelo lado da espiritualidade, mas a maioria dos matemáticos não está nem aí para essa questão.

Sucesso da Geometria Sagrada

A Geometria Sagrada fez sucesso ao longo da história e se difundiu, já que possibilitava aos antigos a realização de uma série de contas que antes eles não conseguiam. Ela preencheu uma lacuna entre o espaço físico e não-físico, onde questões da espiritualidade podem ter sucesso. Com ela é possível apresentar números da matemática através da música, facilitando o entendimento dessa ciência por vezes complicada.

O que é relação de ouro?

Quando você frequentava a escola, lá pelo fim do ensino fundamental, ficou conhecendo o Phi, que significa o infinito. Conhecida como relação de ouro, foi descoberta por gregos, que lhe garantiram permanência durante os estudos da matemática. A partir daí as técnicas dessa ciência foram evoluindo, possibilitando novas descobertas matemáticas.

Já no segundo milênio, o matemático italiano Leonardo Fibonacci propôs uma espiral com o seu nome, onde o mesmo padrão pode ser verificado em flores, caracóis e em outros itens da natureza. Hoje em dia essas técnicas são utilizadas para a produção de equipamentos musicais, como violoncelos e violinos. A relação de ouro também foi aplicada na construção do Parthenon, na Grécia, há milhares de anos.

O que é Flor da Vida?

A Flor da Vida é um símbolo bem popular em diferentes partes do Planeta Terra, utilizado há pelo menos 6 mil anos, podendo chegar a 10 mil anos. Se trata de diversos círculos desenhados de forma uniforme, sobrepostos por seis vezes, semelhante a aparência de uma flor. Existem desenhos do tipo vindo do Antigo Egito, da Cidade Proibida da China e em templos do Japão e da Turquia, além de outros lugares.

Leonardo da Vinci foi uma das mentes mais brilhantes que já passou pela Terra, tendo desenhado um projeto de helicóptero séculos antes de ser possível a sua construção, por exemplo. Ao longo de sua carreira ele analisou diversas e diversas vezes a Flor da Vida, aplicando inclusive para desenvolver questões matemáticas e artísticas.

Padrões da Flor da Vida

Essa estrutura é considerada um polígono, já que conta com todos os lados iguais. Dentro da Flor da Vida é possível encontrar tetraedros, dodecaedros, icosaedros e octaedros, que junto com os polígonos formam os cinco sólidos platônicos. Pode ainda ser associada a outras questões, já que algumas culturas comparam o feminino as curvas e as linhas retas ao masculino.

Geometria Sagrada e questões religiosas

Segundo a Geometria Sagrada, existem padrões pré-definidos em basicamente tudo o que temos contato no nosso dia a dia. Algumas pessoas acabam pensando que isso é algo divino e associam a religiosidade. Esses conceitos ajudam a incluir quase tudo da vida, inclusive alguns ensinamentos que se misturam com o misticismo.

Cubo de Metatron

A Flor da Vida pode ter relação com o Cubo de Metatron. Esse é o nome de uma representação geométrica feita por meio da ligação a partir do centro a cada 13 círculos, indo para outros 12 círculos. Funcionaria como uma espécie de versão estendida da Flor da Vida. Alguns o consideram um acelerador quântico, para quem deseja aumentar a sua energia interna e o equilíbrio do corpo.

Outros acreditam que o Cubo de Metatron pode estimular a órbita dos elétrons e dos prótons, gerando mutação e cura. Segundo os especialistas nesse tipo de técnica, isso prova que todos os tipos de vida vêm do mesmo lugar e são compostas por uma energia única. Lembrando sobre as linhas, quando a representação estiver completa serão 78 linhas no total.

Geometria Sagrada e alienígenas

É comum aparecerem círculos nas plantações de todo o planeta, os chamados agroglifos, que seriam deixados por seres extraterrestres. Segundo ufologistas, eles possuem códigos capazes de influenciar a nossa mente. Essas marcas seriam deixadas pelos Arcturianos, uma raça de alienígenas bem evoluída, que age como guardiões da Terra.

Esses desenhos foram pesquisados por um homem conhecido como Janosh, que conseguiu identificar esses padrões gráficos semelhantes à Flor da Vida. Teóricos da conspiração acreditam que olhar fixamente para essas representações ajuda a reorganizar o DNA, além de trazer outros benefícios.