Kingo Labs
As fases da lua afetam a nossa vida
Home » Ciência » As fases da lua afetam a nossa vida?

As fases da lua afetam a nossa vida?

É comprovado que a Lua influência diretamente no nível das marés e também na agricultura. Tem um período que é ideal para plantar e fazer a produção crescer mais rápido. Mas, em relação a vida dos seres humanos, será que o satélite consegue influenciar? Existem diversas teorias sobre este assunto e aqui falaremos sobre alguns deles. Confira.

As fases da lua afetam a nossa vida?

Satélite natural da Terra, a Lua fica distante 384 mil quilômetros do nosso planeta. Mesmo assim, existem pessoas que garantem que ela é responsável por diversos acontecimentos na nossa sociedade. Esses relatos geralmente vêm de um passado remoto e seguem sendo reconhecidos na cultura popular até hoje.

Outras fases da Lua

A Lua possui quatro fases: nova, crescente, cheia e minguante. Cada uma delas tem duração entre sete e oito dias. Como a Lua não é uma estrela, não emite luz própria, sendo que o seu brilho advém do reflexo vindo do Sol. Durante a primeira fase não é possível observá-la, praticamente, só fica um pouquinho. Durante a Lua crescente, podemos ver 25% do seu total. E na Lua minguante, observamos novamente 25%, no formato de um semicírculo. Falaremos a seguir sobre a Lua cheia.

Lua cheia

A Lua cheia advém quando o satélite fica totalmente refletido para a Terra. Acontece quando ela completa um giro de 180º após a Lua nova. Acontece que a Lua se opõe ao Sol em relação ao nosso planeta, dando o seu brilho característico. É nesta fase que acontecem os eclipses lunares, podendo ser total, parcial ou penumbral.

A Lua cheia que acontece depois do equinócio de março, por volta do dia 20, servindo para determinar a data da Páscoa. É a lua cheia que carrega as maiores teorias relacionadas a influência do satélite na vida humana, sendo que a maioria delas nada mais são do que mitos, que são passados de geração para geração, e são tratados quase como verdades.

Qual fase da Lua ajuda engravidar?

Existe uma semelhança entre o ciclo menstrual de uma mulher e o ciclo envolvendo as fases da Lua. Isso seguindo o cálculo envolvendo o número de dias para que eles aconteçam. Desde épocas muito distantes, algumas civilizações pensavam que o nosso satélite natural poderia influenciar no início de uma gravidez. Segundo os teóricos, o momento mais propicio seria durante a Lua cheia.

Por outro lado, diversos estudos científicos já desmentiram essa teoria. Uma das pesquisas mais reconhecidas foi feita pelo astrônomo Daniel Caton, em 2012, analisando mais de 70 milhões de registros de nascimento ao longo de duas décadas. Assim, ele constatou que não existe nenhuma relação da Lua cheia com os partos.

Lua cheia da insônia?

No passado essa pergunta fazia sentido. Quando existia pouca luminosidade nas cidades, e isso não faz muito tempo, a Lua era a responsável pelo maior brilho nos céus durante as noites. Com o brilho, algumas pessoas não conseguiam dormir tão bem quanto em outros períodos. Hoje a sociedade é rodeada de luzes artificiais e ninguém reclama mais deste “problema”. Dificilmente a Lua cheia atrapalhará o seu sono.

Lua cheia muda o funcionamento do corpo?

Sabemos que a Lua tem grande capacidade de movimentar os níveis das marés. O corpo humano é composto em 70% por água, logo ele vai ser atingido pela Lua cheia, certo? Bom, não é bem assim. Os mares possuem essa característica devido à gravidade, que transformada para os seres humanos, proporciona efeitos praticamente nulos.

A gravidade depende basicamente de dois fatore para aparecer: massa e distância. A influência da gravidade pode ser percebida quando os dois corpos possuem tamanhos estratosféricos, como a Terra e a Lua, além da distância que existe entre eles. Portanto, se alguém faltar ao trabalho dizendo que passou mal devido a Lua cheia, é balela.

Qual a melhor fase da Lua para cortar cabelo?

Outra teoria muito popular em todo o Brasil e em grande parte do mundo indica que em cada fase da Lua o volume do cabelo crescerá diferente. Alguns estabelecimentos se baseiam neste tipo de conhecimento, inclusive. A ideia é defendida por cabeleireiros e astrólogos, mas não tem embasamento cientifico. Aqui novamente aparece a gravidade, onde não existe uma massa tão grande nos cabelos.

Posso ficar louco na Lua cheia?

Essa teoria ganhou ainda mais força devido aos filmes de terror, onde lobisomens e outras criaturas se transformavam durante a Lua cheia. Mas, em diversas culturas pré-históricas existem histórias envolvendo loucuras durante esta fase. Atividades ilegais, ataques violentos, sonambulismo e suicídios seriam comuns durante este período. Será mesmo?

Em 1996, 100 estudos relacionados foram analisados pelo psicólogo canadense Ivan W. Kelly, que não encontrou nenhuma evidência. Essa teoria foi alimentada por médicos ao longo de milhares de anos, baseados no depoimento de Hipócrates, considerado o pai da medicina, já que ele falou sobre os perigos encontrados durante a noite e causados pela “deusa da Lua”.

Os lobos e a Lua cheia

O lobo é um animal ligado fortemente a Lua cheia, pelo menos na cultura popular. É lenda o fato de que eles uivam diretamente para a Lua. Os lobos geralmente uivam com o objetivo de juntar a matilha, antes e depois das caças. Durante a fase da Lua cheia, o satélite fica aparentemente muito maior, sendo o momento ideal para reunir a trupe.

Existem mais suicídios durante a Lua cheia?

Outro mito contado por aí indica que o número de suicídios cresce durante esta fase da Lua. De acordo com o Instituto de Saúde Pública da Finlândia, após ter analisado mais de 1,4 mil casos deste problema, no ano 2000, indicou que a maior incidência de suicídio é na Lua nova, momento em que existe menos luminosidade nos céus.

A Lua influência na agricultura?

Sim. Essa influência é conhecida desde a antiguidade. Hoje alguns produtores se aproveitam de técnicas para aumentar as produções em determinados períodos. Os chineses aproveitam a fase minguante para cortar bambu e madeira, por exemplo, quando o teor de seiva e umidade dentro dos troncos é reduzido.

Comente!