Kingo Labs
Home » Educação » Dicas de como estudar para concursos

Dicas de como estudar para concursos

Manter a concentração requer força de vontade, pois o que não falta é estímulo para nos tirar do foco. E se antes era o gato, o cachorro, o papagaio ou o filho, atualmente ainda temos que lidar com celulares, tabletes e outros aparelhinhos concorrendo por nossa atenção.

Manter a concentração requer força de vontade, pois o que não falta é estímulo para nos tirar do foco.

E se antes era o gato, o cachorro, o papagaio ou o filho, atualmente ainda temos que lidar com celulares, tabletes e outros aparelhinhos concorrendo por nossa atenção.

O resultado: trabalho e estudos acabam não rendendo o que deveriam. Justamente quando o que se busca é assimilar o máximo, e em menos tempo.

Ok, quando os motivos das distrações são o som da televisão, o aviso sonoro do celular, as redes sociais e aplicativos de mensagens, basta desligar tudo, e pronto, adeus problemas, certo?

Mas, e quando as interrupções são provocadas pelo pensamento, que acaba voando longe, adiando os planos aparentemente determinados de devorar a leitura complexa sobre leis, por exemplo?

E o que fazer quando aqueles exercícios de raciocínio lógico são engavetados e deixados para depois porque a mente do concurseiro está distante demais para prosseguir?

Bem, algumas atitudes podem fazer toda a diferença antes, durante e depois da maratona de estudos. Veja:

Antes de começar

Dê atenção à sua respiração, reservando apenas dois minutos para perceber o ritmo dela. Assim, você baixa a adrenalina, reduz a ansiedade e melhora a concentração.

Para potencializar os efeitos deste exercício simples, basta prolongar o tempo de inspiração e, principalmente, de expiração.

Em seguida, escolha um ponto estático e foque nele. Ao “esvaziar” a mente, um dos pressupostos da meditação, você estimula a conexão com o momento presente.

Se estiver começando a praticar agora, pense em uma vela acesa, mais precisamente em tentar controlar o movimento de sua chama com a mente. O desafio é difícil: não pensar em mais nada.

Porém, há milhares de anos a meditação tem sido utilizada para ativar o poder de concentração.

Durante os estudos

Acelere com tudo, indo logo ao limite de sua capacidade mental. Aproveite que está mais tranquilo e siga pelo caminho mais difícil, aquele que você menos domina.

Lembre-se que questões complexas obrigam a mente a trabalhar mais, ou seja, exigem foco extra e, portanto, forçam o cérebro a abrir menos espaço para distrações.

E ainda: que tal fazer do estudo um jogo? Isso mesmo! Uma espécie de sistema de autopremiação pode fazer toda a diferença, turbinando a motivação.

Funciona assim: a cada lista de exercícios gabaritada ou avanço nos tópicos de uma legislação complicada, ponto para você.

Para tornar a “brincadeira” mais interessante, tenha metas e permita-se presentear com pequenos mimos cada vez que elas forem cumpridas. Pode ser uma pausa ou até mesmo voltar para sua matéria preferida.

Concluiu os estudos por hoje?

Dedique alguns minutos do seu precioso tempo ao levantamento do que tira sua concentração. Acredite: vai valer a pena! Anote tudo, pois o “inimigo” é vencido quando o conhecemos.

O autoconhecimento permite, também, criar estratégias particulares     para não deixar a distração tomar conta. Afinal, não existem receitas prontas de sucesso esperando nas prateleiras.

Outros erros que interferem na produtividade são:

  • Falta de estratégia – ninguém passa por sorte; é preciso investir em organização, disciplina e estudo estratégico a respeito do que tem mais probabilidade de cair em cada prova.
  • Não decifrar o estilo da banca – não ignore que existem estilos e orientações diferentes em cada banca examinadora. Ou seja, saiba o que cada uma costuma cobrar e onde escondem as armadilhas nas questões para pegar os desavisados.

Estudar mais e em menos tempo. Um verdadeiro “sonho de consumo”, especialmente entre aqueles cujo objetivo é garantir a estabilidade de um emprego público. Com as dicas de hoje, seu poder de concentração vai ficar mais afiado do que nunca.

Prepare as apostilas e livros, escolha um lugar confortável e bons estudos. Até breve!