Kingo Labs
Curiosidades sobre Gato Preto
Home » Aleatórios » Curiosidades sobre Gato Preto

Curiosidades sobre Gato Preto

Tem gente que morre de medo de gato preto. Você já ouviu alguma história sobre este tipo de animal? Em alguns lugares do mundo são associados a sorte, já em outros ao azar. Aqui vamos falar tudo sobre os bichanos dessa cor.

Curiosidades sobre Gato Preto

Quando se fala em gato preto é comum generalizar. Existe mais de uma raça de gato com o pelo completamente preto. De acordo com um levantamento feito nos Estados Unidos, existem 22 raças diferentes de gatos pretos, a mais conhecida delas é a Bombay. Se considerar os mestiços o número será bem maior.

Veja também – Cachorro feio: conheça os campeões

Ajuda na resistência

Um grupo de cientistas acredita que a cor preta ajuda os felinos a sobreviverem, por isso acabou se desenvolvendo nestes animais. Esses bichos costumam ter hábitos noturnos, assim conseguem se esconder com maior facilidade. Os pesquisadores acreditam que animais com essa cor de pele são mais resistentes a uma doença semelhante a aids, conhecida por FIV.

Mudança de cor

Nem todo gato preto é 100% preto. Se ficarem por muito tempo expostos aos raios solares, os pelos podem ganhar um tom avermelhado. Essa cor de pelo está relacionada à presença do pigmento eumelanina, que requer a presença de dois aminoácidos, a tirosina e fenilalanina, então eles precisam estar bem alimentados.

Grisalhos

Assim como os seres humanos, o pelo dos gatos também fica mais claro quando a idade chega. Quanto mais escuro for o pelo do gato, mais perceptíveis serão os pelos brancos. Não existe um período de vida inicial e alguns podem ter mais fios brancos do que outros. São raros os casos que o animal passa a ser totalmente cinza, branco é quase impossível.

Comportamento

Com a evolução da espécie, geralmente os gatos pretos são tolerantes com os hábitos humanos, aceitando com tranquilidade ambientes lotados e crianças. Também não apresentam problemas quando estão inseridos no mesmo ambiente do que outros animais. Estudos apontam que os gatos pretos são mais corajosos do que os que possuem outra cor de pelo.

Genética

Os estudos da biologia indicam que para nascer um gato preto é preciso que o pai e a mãe sejam totalmente pretos. Geralmente os lugares que consideram os gatos pretos da sorte, isso inclui apenas os machos, assim eles são tratados bem e vivem por mais tempo. Já em relação ao azar acaba sendo atribuído aos dois sexos.

Maioria

Abrigos de animais geralmente contam com mais gatos pretos do que animais de outras cores, assim eles acabam ficando por mais tempo até que consigam um lar. Boatos dão conta de que as pessoas preferem bichanos de outras cores, mas a situação não é bem esta.

Trazem sorte?

No Egito Antigo os gatos pretos estavam relacionados a sorte. Eles veneravam os felinos, inclusive a deusa Bastet era uma mulher com cabeça de gato. Esse tipo de animal também é visto com bons olhos em países como Inglaterra e Irlanda. No século XVII o rei inglês Charles I tinha um gato preto e acreditava que isso trazia sorte, assim que o gato morreu, ele foi deposto, preso e executado.

Trazem azar?

Se existem locais que os gatos pretos são considerados símbolos de sorte até hoje, em outros é ao contrário. Provavelmente a lenda de que esses animais trazem azar surgiu na Grécia Antiga, relacionada a divindades poderosas desse período histórico, como Zeus e sua esposa Hera.

A lenda conta que Zeus traiu sua mulher, engravidando a princesa Alcmena, gerando Hércules. Hera ficou sabendo da história e queria se vingar, evitando o nascimento da criança. Uma serva de Alcmena descobriu o plano de Hera, e acabou sendo transformada por ela em um gato preto, que posteriormente foi servido para a deusa da morte, Perséfone.

O começo do preconceito

Durante a Idade Média começou o mito em torno do gato preto. Nessa época esses animais passaram a ser considerados símbolos de azar e energias negativas. Segundo a lenda, os gatos pretos tinham uma espécie de pacto com o diabo, já que tinham hábitos noturnos. Pensavam ainda que as bruxas conseguiam transformar-se em felinos dessa cor.

Em 1227 o papa Gregório IX declarou que os gatos, principalmente os pretos, eram encarnações do demônio e por isso deveriam ser caçados e mortos. Milhares de exemplares foram mortos nos anos seguintes. Estudiosos acreditam que a peste negra avançou devido ao grande número de ratos vivos.

Gatos navegadores

Na época das grandes navegações, principalmente os ingleses, adoravam levar gatos pretos, que caçavam ratos nos porões dos navios. Eles são bons caçadores e conseguiam eliminar as ameaças. Também foi neste período que surgiu outra lenda, de que os gatos pretos traziam boa sorte aos marinheiros e proteção.

Na cultura popular

O cinema ajudou a popularizar diversas lendas urbanas. É bem comum encontrar gatos pretos em filmes de terror ou séries do gênero. Em livros também são muitas histórias que tratam o animal desta cor como um ser sobrenatural e misterioso. No halloween geralmente são representados ao lado ou próximo de bruxas.

Presente de casamento

Já imaginou ganhar um gato preto como presente de casamento? Isso não soaria muito bem aqui no Brasil, mas em outros países seria uma forma de desejar vida longa e próspera ao casal. O bicho serviria como uma forma de talismã para atrair bons fluidos.

O gato e a bruxa

Uma lenda conta que um pai e um filho estavam caminhando por uma estrada durante a noite, até que um gato preto cruzou o caminho deles. Assustados, jogaram diversas pedras no animal. O bichano ficou ferido e fugiu para uma casa próxima. Mais tarde viram uma mulher saindo dessa casa, com hematomas e mancando, então concluíram que ela se transformava no animal.

Na Alemanha e na Finlândia

Em alguns países da Europa o gato preto está associado a outros fenômenos sobrenaturais. Na Alemanha a população acreditava que se um destes felinos pulasse na cama de um doente, logo ele iria a óbito. Durante a Idade Média, na Finlândia ficou bem popular a lenda de que os gatos pretos carregavam a alma dos mortos até o além.