Kingo Labs
Home » Finanças e Dinheiro » 13º salário: como fazer o benefício render mais

13º salário: como fazer o benefício render mais

Quem não gosta de um dinheirinho extra na conta de vez em quando, não é verdade? Na virada de ano, então, melhor ainda, já que as despesas com festas e os gastos do ano seguinte dão aquele salto. Mas, com planejamento, você consegue esticar o dindin e equilibrar as finanças.

Quem não gosta de um dinheirinho extra na conta de vez em quando, não é verdade? Na virada de ano, então, melhor ainda, já que as despesas com festas e os gastos do ano seguinte dão aquele salto. Mas, com planejamento, você consegue esticar o dindin e equilibrar as finanças.

Veja as dicas para fazer o seu 13º salário render mais:

Reduza ou elimine as dívidas

Aproveite o salário extra para quitar suas pendências financeiras e ficar mais “leve” ao começar 2016 com as contas em dia.

Se a quantia não for suficiente para saldar tudo, de prioridade às dívidas com os juros mais altos (cartão de crédito e cheque especial).

Mas antes de sair pagando, negocie, pois com dinheiro em mãosvocê pode conseguir bons descontos.

Prepare-se para os primeiros gastos do novo ano

Em janeiro, tem IPVA, IPTU, matrícula da escola, entre outras despesas. Se a previsão financeira não for suficiente, os demais meses ficarão comprometidos.

E olha como é fácil se organizar: o IPVA, por exemplo, sabemos que o valor cobrado corresponde a 6% do valor de mercado do carro. Que tal calcular a quantia e deixá-la separada?

Quanto aos outros gastos, que costumam variar bastante, a dica é tomar como base o ano anterior e acrescentar uma oscilação para cima, devido ao ajuste habitual dos preços. Isso ajuda a ter, pelo menos, uma base para organizar suas finanças.

Adiante prestações

Sabe aquelas parcelas longas, de 18 meses? Você consegue um bom abatimento se antecipar o pagamento delas.

Tudo por causa do Código de Defesa do Consumidor, que garante redução proporcional dos juros e demais acréscimos embutidos quando as prestações são adiantadas.

Antecipe as compras de final de ano

Não deixe para a última hora. Ao receber a primeira parcela do décimo terceiro, compre logo os produtos das ceias (pelo menos os não perecíveis e congelados) e os presentes dos familiares e amigos.

É a melhor hora para pesquisar preços em várias lojas, comparar marcas e economizar. E você ainda se livra das lojas cheias e das filas enormes.

Guarde dinheiro para o futuro

Não tem dívidas? Que bom! Reserve esse bônus do final de ano para iniciar aquele seu plano de enriquecimento. Comece assim e vá acumulando patrimônio, somando outras reservas.

É uma forma de garantir a tão sonhada estabilidade financeira ou, ainda, realizar sonhos como a compra de um imóvel.

O ideal é guardar no mínimo uma parcela inteira do décimo terceiro. Caso não seja possível, poupe 30% do valor integral.

Procure aplicações mais rentáveis

A poupança ainda é o investimento preferido dos brasileiros, já que é segura, não tem taxa de administração ou cobrança de Imposto de Renda, e ainda pode ser sacada a qualquer momento.

A questão é: a poupança tem um rendimento baixo. Então, se você já tem uma reserva para emergências na poupança, é hora de pesquisar outro investimento com lucro mais alto.

Mas lembre-se: na maioria das opções, o dinheiro precisa ficar parado por um bom tempo. Converse com seu gerente sobre Tesouro Direto e CDB, por exemplo.

Presenteie a si mesmo

Ok, você tirou nota dez na administração das finanças o ano inteiro, e não tem dívidas. É mais do que justo usar parte do salário extra em algo que deseja muito.

De preferência, escolha um mimo que faça a diferença ou seja durável. Mas não deixe de poupar ao menos 30% do décimo terceiro.

Outra dica é juntar todos os meses 20% do salário. No final do ano, você terá uma reserva equivalente ao bônus de final de ano. Então, poderá utilizar a gratificação como um presentinho pessoal ou engordar a poupança que já vem fazendo.

Com alguns cuidados e bom senso, administrar as despesas – e o décimo terceiro salário – não é tão difícil assim, é?

E pode até sobrar uma graninha para investir em você fazendo o curso dos seus sonhos. Você merece!

Até breve!